Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Estado promove gestor de Isabel dos Santos na Efacec

Ângelo Ramalho mantém-se também como presidente-executivo da empresa.
Wilson Ledo 7 de Outubro de 2020 às 08:41
Ângelo Ramalho, CEO da Efacec
Ângelo Ramalho, CEO da Efacec FOTO: Fábio Arruda
O Estado português escolheu Ângelo Ramalho como o novo presidente do conselho de administração da Efacec, empresa que foi parcialmente nacionalizada em julho. O gestor mantém-se também como presidente-executivo da empresa, cargo para o qual tinha sido indicado por Isabel dos Santos.

As mudanças nos órgãos sociais da Efacec foram aprovadas em assembleia-geral na passada sexta-feira à noite. Ângelo Ramalho assume assim, no conselho de administração, o lugar antes ocupado por Mário Leite da Silva, homem de confiança da empresária angolana nos negócios em Portugal.

Outro dos destaques é a entrada de Jaime Andrez, presidente da Parpública, como vogal não executivo. Os efeitos negativos do escândalo Luanda Leaks na empresa levaram o Estado português a entrar no capital da Efacec, de forma temporária, assegurando os 71,73% pertencentes à filha de José Eduardo dos Santos, ex-presidente de Angola.

Foi feito em agosto um empréstimo de 50 milhões de euros, com garantias de Estado, que permitiu à empresa regressar ao seu funcionamento normal.
Ver comentários