Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

Futebolista volta atrás na acusação a campanha de Marisa Matias

Campanha da bloquista, que concorre à Presidência da República, não utilizou a imagem da atleta. Foi a artista Rita RedShoes quem partilhou o "videoclip" onde aparece a atleta, sem qualquer menção a Marisa Matias.
Wilson Ledo 18 de Janeiro de 2021 às 16:28
Matilde Fidalgo
Matilde Fidalgo FOTO: Facebook

A futebolista Matilde Fidalgo, de 26 anos, corrigiu uma publicação nas redes sociais, após ter dito que a campanha de Marisa Matias tinha usado indevidamente a sua imagem. No domingo, a atleta falava numa "vergonhosa apropriação".

"Não consenti, não faço campanha política nem votarei, jamais, Marisa Matias", escreveu, em maiúsculas, nas redes sociais neste domingo. Essa mesma publicação surge agora com o estado "Editado", depois de muitos comentários a alertar que o vídeo nunca tinha sido usado pela campanha da bloquista.

A jogadora do Benfica sentiu ainda necessidade, já nesta segunda-feira, de voltar a tocar no assunto. "Não disse que a candidata ou a campanha da Marisa Matias tinha usado a minha imagem. Disse, e repito, que a minha imagem tinha sido utilizada num vídeo de apoio à campanha e nesse sentido me vi na liberdade de me demarcar da mesma", justificou.

As imagens em causa de Matilde Fidalgo foram captadas há três anos, enquanto jogadora da Seleção Nacional, para o "videoclip" do tema "Mulher", de Rita RedShoes. Foi a própria artista quem voltou a publicar este conteúdo, à boleia do movimento #VermelhoEmBelém, sem fazer qualquer menção à campanha de Marisa Matias. "(Partidos políticos à parte) machismo não pode ter lugar!", escreveu a cantora.

O movimento #VermelhoEmBelém surgiu como resposta aos insultos de André Ventura à imagem de Marisa Matias, após a candidata do Bloco ter usado batom vermelho num debate televisivo com o presidente do Chega. Desde então, milhares associaram-se a esta ação contra o machismo, independentemente da cor política.

Ver comentários