Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Governo quer medidas eficazes contra a Covid-19 que perturbem o mínimo a economia, diz Costa

Posição foi transmitida pelo primeiro-ministro na sua conta pessoal na rede social Twitter.
Lusa 30 de Outubro de 2020 às 23:50
António Costa
António Costa FOTO: Direitos Reservados
O primeiro-ministro afirmou esta sexta-feira após ouvir os partidos, que o Governo mantém como critério adotar medidas eficazes contra a covid-19 procurando perturbar o mínimo possível a economia e a sociedade, embora não excluindo nenhuma à partida.

Esta posição foi transmitida por António Costa na sua conta pessoal na rede social Twitter, depois de ter recebido na residência oficial de São Bento, em Lisboa, os nove partidos com assento parlamentar: PSD, BE, PCP, Iniciativa Liberal, PAN, PEV, Chega, CDS-PP e PS.

"Ouvi hoje os partidos políticos com representação parlamentar em busca das melhores soluções para conter, no nosso país, esta fase crítica da pandemia. É necessário haver o maior consenso nacional possível sobre as medidas a adotar", escreveu o primeiro-ministro.

Segundo António Costa, "o Governo mantém o critério: adotar as medidas mais eficazes e fazer o necessário para conter a pandemia e perturbar o mínimo possível a vida das pessoas, da sociedade e das empresas".

"É nesse ponto que estamos a trabalhar, não excluindo à partida nenhuma medida possível", acrescentou o primeiro-ministro.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
António Costa Covid-19 Governo política governo (sistema) executivo (governo) partidos e movimentos
Ver comentários