Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

"Isto é mentira! Tenham vergonha!": Joacine Katar Moreira reage a ataque do Livre

Deputada insurge-se contra proposta de retirada de confiança política e garante que não irá abandonar o Parlamento.
Salomé Pinto 19 de Janeiro de 2020 às 10:12
'Se vocês querem substituir a minha voz lamento informar elegeram uma mulher que gagueja muito bem': Joacine Katar aponta o dedo aos membros do partido Livre
'Se vocês querem substituir a minha voz lamento informar elegeram uma mulher que gagueja muito bem': Joacine Katar aponta o dedo aos membros do partido Livre

A tensão entre Joacine Katar Moreira e o Livre atingiu o clímax este sábado, no primeiro dia do nono congresso do partido. Depois de apresentada a proposta de retirada de confiança política à deputada única do Livre, Joacine foi ao púlpito, bateu com a mão na mesa e gritou furiosa, quase sem gaguejar: "Isto é uma mentira! É uma vergonha! Como é que ousam afirmar que eu não ouvi as pessoas, que não fui leal ao partido, que desrespeitei o que foi decidido?"

A mesa do congresso pediu a Joacine para se acalmar, mas a reação da parlamentar foi inversa: "Não me peças calma, isto é uma perseguição absoluta! Elegeram uma mulher negra que foi útil para a subvenção, tem de ser útil para nos defender". Joacine sublinhou ainda que está fora de questão renunciar ao mandato de deputada, caso seja efetivamente desvinculada do partido que representa.

A resolução que visa o afastamento de Joacine foi subscrita por todos os membros da Assembleia, entre os quais o fundador do Livre, Rui Tavares. O texto acusa Joacine de "isolamento" de "falta de diálogo com a direção" e de ser "intransigente".

Submetida a votação dos membros do partido, a decisão de retirar confiança política acabou por ser adiada para a futura direção que sair das eleições deste congresso.

A solução encontrada foi incentivada por alguns membros, nomeadamente por Ricardo Sá Fernandes e pelo fundador Rui Tavares. "Em nenhum partido democrático do Mundo se exclui ou se retira a confiança política sem ouvir o partido", afirmou o advogado e membro do Conselho de Jurisdição do Livre Sá Fernandes, durante o seu discurso.

Fundador dá razão à Assembleia
O fundador do Livre revelou ontem que esteve na Assembleia que decidiu, por unanimidade, a proposta de retirada de confiança a Joacine. Para o antigo eurodeputado, "a Assembleia fala verdade". Rui Tavares, que votou a favor do adiamento da decisão, garantiu que "o processo não vai ser arrastado".

SAIBA MAIS
2014
Ano em que foi legalizada a fundação do partido Livre. Entre os seus fundadores, está o antigo eurodeputado independente eleito pelo Bloco de Esquerda Rui Tavares. 

Divórcio do Bloco
Em 2011, Rui Tavares decidiu romper a confiança pessoal e política com o coordenador nacional do BE, na altura Francisco Louçã, por este ter acusado publicamente o então eurodeputado de fazer desaparecer da história [BE] Fernando Rosas.

Joacine Katar Moreira Livre Rui Tavares política partidos e movimentos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)