Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

Luís Montenegro quer ser líder do PSD durante 12 anos

Ex-deputado denuncia derrotas abissais de Rio e promete chumbar os orçamentos do Governo.
Salomé Pinto 11 de Novembro de 2019 às 08:35
A carregar o vídeo ...
Ex-deputado denuncia derrotas abissais de Rio e promete chumbar os orçamentos do Governo.
Luís Montenegro está empenhado em "dar mais 12 anos" da sua vida de "dedicação a Portugal", assumindo "a responsabilidade de liderar a oposição nos próximos quatro anos" e "o Governo nos oito anos" seguintes, garantiu este domingo durante a apresentação da sua candidatura à presidência dos sociais-democratas, que é disputada a 11 de janeiro em eleições diretas.

Diante de ministros da era de Passos Coelho, como Maria Luís Albuquerque ou Rui Machete, que apoiam a sua candidatura, o ex-deputado defendeu "um PSD grande", acusando os que "gostam de um partido pequeno, servil de um chefe condenado a perder" e que "proclama vitórias morais para disfarçar derrotas abissais" numa clara referência ao atual presidente do PSD que perdeu as legislativas com os 27,76% dos votos, o pior resultado desde 1983.

Inspirando-se num verso de Camões, Montenegro acusou António Costa de ser "um fraco líder que faz fraca a sua forte gente", garantindo o "chumbo a todos os orçamentos de governos PS". Depois de ser eleito líder do PSD, "a próxima prioridade é ganhar as autárquicas de 2021", cujo coordenador nacional será o próprio Montenegro. O ex-deputado anunciou ainda que irá apresentar propostas para reduzir os impostos: "Baixar o IRS e o IRC e fundir a taxa máxima e intermédia do IVA para um valor até 20%."

Rio responde com apoios de distritais
No mesmo dia em que Luís Montenegro apresentou a sua candidatura à presidência do PSD, Rui Rio tornou público, através do Facebook, o apoio que os líderes das distritais de Bragança, Jorge Fidalgo, e de Vila Real, Fernando Quiroga, quiseram demonstrar-lhe. "Apoio incondicionalmente Rui Rio e lamento que exista já quem dentro do partido se coloque em bicos de pés com o objetivo de liderar a estrutura partidária", escreveu Quiroga. "É o homem certo para fortalecer o partido", avançou Fidalgo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)