Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Marcelo escusa-se a comentar inconstitucionalidade da quarentena imposta nos Açores

"Por princípio, o Presidente da República respeita, em homenagem à separação de poderes, a intervenção própria dos órgãos da justiça", disse.
Lusa 6 de Agosto de 2020 às 09:38
Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo Rebelo de Sousa FOTO: António Cotrim / Lusa
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, não quis esta terça-feira comentar a inconstitucionalidade do confinamento obrigatório imposto pelo Governo Regional dos Açores, decretada pelo Tribunal Constitucional, afirmando que respeita os órgãos de justiça.

"Por princípio, o Presidente da República respeita, em homenagem à separação de poderes, a intervenção própria dos órgãos da justiça", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa aos jornalista à margem de uma vista ao Zoo de Lagos, no Algarve.

"Como é que se conjugam entre si e qual o juízo de constitucionalidade que sobre elas insiste é uma matéria que, tendo ido à justiça portuguesa, não vou comentar", acrescentou.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)