Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

Marcelo lamenta acidente na A1 que matou dois militares da GNR e já falou com familiares das vítimas

Presidente da República deixou "um forte apelo a todos os portugueses para que respeitem as regras" de segurança rodoviária.
Lusa 8 de Julho de 2020 às 18:03
Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo Rebelo de Sousa FOTO: Lusa
O Presidente da República lamentou hoje o acidente ocorrido na terça-feira na A1 de que foram vítimas dois militares da GNR em serviço no local e informou que já falou com os seus familiares mais próximos.

Numa nota divulgada no portal da Presidência da República na Internet, Marcelo Rebelo de Sousa deixou, a este propósito, "um forte apelo a todos os portugueses para que respeitem as regras" de segurança rodoviária, "com o máximo rigor e com a máxima consciência cívica".

O chefe de Estado afirmou ter recebido com "profunda consternação" a notícia da "confirmação da morte em serviço do militar da GNR Guarda Carlos Pereira e do estado de saúde muito grave da cabo Vânia Matias, vítimas de abalroamento num brutal acidente rodoviário quando estavam numa operação de sinalização na A1".

"O Presidente da República falou já com os familiares mais próximos, a quem apresentou as mais sentidas condolências pela vida perdida no cumprimento da sua missão, sentimentos que estende à Guarda Nacional Republicana (GNR) e ao Destacamento de Trânsito de Santarém", lê-se na nota hoje divulgada.

Através desta nota, Marcelo Rebelo de Sousa lamentou "os comportamentos de risco nas estradas portuguesas" que no seu entender "parecem estar a ressurgir, ignorando a aprendizagem dos tempos recentes", e apelou a todos os portugueses que contribuam para "um ambiente rodoviário seguro e responsável".

Hoje, ao início da tarde, o Destacamento de Trânsito de Santarém informou que morreu um dos dois militares da GNR feridos com gravidade na colisão entre um automóvel e um carro patrulha ocorrida na terça-feira na A1.

Ao todo, cinco pessoas ficaram feridas com gravidade na sequência dessa colisão, que segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém ocorreu ao quilómetro 85 da autoestrada, no sentido norte-sul, entre o nó de Torres Vedras e área de serviço de Santarém, pelas 11:30, quando a GNR "estaria a sinalizar o local".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)