Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Marcelo não fala sobre jornalistas vigiados, mas acha " importante a iniciativa da PGR de apurar o que se passou"

Presidente da República disse que "aquilo que possa ser feito no quadro do processo criminal deva ser feito".
15 de Janeiro de 2021 às 12:15
A carregar o vídeo ...
Presidente da República disse que "aquilo que possa ser feito no quadro do processo criminal deva ser feito".
O Presidente da República e recandidato ao cargo, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou esta sexta-feira importante que a Procuradoria-Geral da República (PGR) e o parlamento queiram apurar a vigilância policial a dois jornalistas que investigavam o caso e-toupeira.

"Eu não comento processos criminais em curso, mas vi na comunicação social que há uma averiguação sobre o que se passou, e isso é importante, essa iniciativa de averiguação. Primeiro, porque é uma questão já antiga. Estamos a falar de há dois anos, ou mais de dois anos, e não podemos deixar que o tempo corra e se esqueça", declarou o chefe de Estado e candidato presidencial aos jornalistas, em Lisboa.

Marcelo Rebelo de Sousa, que falava durante uma ação de campanha para as eleições presidenciais de 24 de janeiro, acrescentou: "Acho importante essa iniciativa da PGR de apurar o que se passou, como acho importante que o parlamento queira apurar exatamente o que se passou, em que termos se passou, apurado esse inquérito, essa averiguação pela PGR. E que aquilo que tenha de ser feito no quadro desse processo criminal seja feito".

Marcelo Rebelod e Sousa PGR Ministério Público crime lei e justiça
Ver comentários