Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
5

Marcelo Rebelo de Sousa vai às compras de máscara em Cascais

Presidente da República surpreendido na fila do pão em hipermercado.
Rute Lourenço 31 de Março de 2020 às 01:30
Marcelo Rebelo de Sousa vai às compras de máscara em Cascais
Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo
Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo Rebelo Sousa
Marcelo Rebelo de Sousa vai às compras de máscara em Cascais
Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo
Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo Rebelo Sousa
Marcelo Rebelo de Sousa vai às compras de máscara em Cascais
Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo
Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo Rebelo Sousa

Mais recatado devido à pandemia de Covid-19, Marcelo Rebelo de Sousa saiu, no último domingo, da sua residência particular, em Cascais, para uma breve ida às compras no supermercado mais próximo, pelas 18h30. De fato e gravata, o Presidente da República não passou despercebido e acabou por ser abordado na fila para o pão, não para a habitual selfie, devido à distância social necessária em tempo de coronavírus, mas para uma foto a solo.

A imagem foi publicada pelo site Portal Cascais, e deixou visíveis os cuidados tomados por Marcelo, de 71 anos, nesta fase. O Chefe de Estado optou por usar máscara, e manteve sempre a devida distância dos restantes clientes que circulavam no hipermercado Auchan, em Cascais.

Bem-disposto, Marcelo respondeu a todas as abordagens com simpatia, saudando os populares à distância, durante a breve passagem pelo espaço, que serviu apenas para que pudesse comprar pão e queijo mozarella.

Marcelo Rebelo de Sousa, recorde-se, começou o seu isolamento antes da maioria dos portugueses, depois de, no início de março, ter tido contacto, no Palácio de Belém, com alunos de uma escola de Felgueiras que fechou devido a casos de coronavírus. O Presidente da República deu então início à sua quarentena voluntária e, por uma questão de precaução, submeteu-se a dois testes de despistagem, que deram negativo.

Os testes do Chefe de Estado à Covid-19 mereceram mesmo um comentário por parte do primeiro-ministro, António Costa, que defendeu a medida preventiva. "Vamos lá ver, Presidente da República há só um. O Estado tem de assegurar a sua continuidade. E é primeiro dever do Governo assegurar a continuidade da atividade do Estado e, naturalmente, a saúde do senhor Presidente da República", afirmou.

Desde essa altura, Marcelo tem estado o mais resguardado possível na sua casa de Cascais, saindo o mínimo possível, como foi o caso da reunião recente com Costa para se declarar estado de emergência.

PORMENORES
Políticos afetados
Em vários países europeus, são já muitos os casos de membros do governo afetados com coronavírus.

Boris Johnson atingido
O primeiro-ministro britânico não escapou à Covid-19. Testou positivo e está a trabalhar em casa, com sintomas ligeiros.

Trump faz exame
Donald Trump e Bolsonaro já fizeram o teste ao vírus: o resultado foi negativo.

Saúde prega sustos a Presidente da República
Marcelo integra o chamado grupo de risco devido à sua idade (71 anos) e a alguns problemas de saúde. Em outubro do ano passado, exames de rotina revelaram uma obstrução coronária e o Presidente foi sujeito a um cateterismo para desobstrução das mesmas. Em 2017, foi operado a uma hérnia umbilical.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)