Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

Marinha Grande exige ao Governo um plano de ação rápido para o Pinhal do Rei

86% da área do pinhal foi destruída num incêndio em 2017.
Lusa 13 de Julho de 2020 às 13:44
Bombeiros
Bombeiros FOTO: CMTV
A presidente do Município da Marinha Grande anunciou esta segunda-feira que enviou uma mensagem ao Governo a exigir um plano de ação rápido para o Pinhal do Rei, que foi destruído em 86% da sua área num incêndio em 2017.

Num comunicado publicado na página de Facebook da autarquia, a presidente, Cidália Ferreira (PS), informou que endereçou ao secretário de Estado das Florestas, com conhecimento ao primeiro-ministro, ao ministro do Ambiente e Transição Climática e ao presidente do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas [ICNF], uma mensagem com uma posição sobre o Pinhal do Rei, na sequência das moções apresentadas na Assembleia Municipal da Marinha Grande.

"Não posso senão estar ao lado dos meus munícipes na defesa das causas que lhes são mais caras, apelo a que na resposta às moções aqui apresentadas, o Governo, na pessoa de vossa excelência, responda rapidamente com um plano de ação, a iniciar ainda no decorrer do presente ano e que seja devidamente suportado no Orçamento do Estado de 2021", refere Cidália Ferreira.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)