Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

Marisa Matias apela ao Governo para não adiar decisão sobre meios da saúde

Tema tem estado nas diversas intervenções da candidata apoiada pelo BE ao longo da campanha eleitoral.
Lusa 17 de Janeiro de 2021 às 22:47
Marisa Matias
Marisa Matias FOTO: Fernando Veludo / Lusa
A candidata presidencial Marisa Matias apelou este domingo ao Governo para não adiar mais a "decisão urgente" de colocar todos os recursos e capacidade instalada da saúde sob o comando do Serviço Nacional de Saúde devido à pandemia.

Este tema tem estado nas diversas intervenções da candidata apoiada pelo BE ao longo da campanha eleitoral, mas este domingo, durante um comício virtual transmitido desde o Porto, a bloquista optou por fazer um apelo direto ao Governo socialista.

"É impossível nós ficarmos indiferentes às imagens da dificuldade do momento que vivemos nos hospitais aqui em Portugal. Eu tenho dito todos os dias e repito: neste momento, que é o pior da pandemia, não podemos adiar mais a coragem para colocar todos os recursos e capacidade de saúde ao serviço e sob o comando do SNS", pediu.

Na perspetiva da recandidata presidencial apoiada pelo BE, esta "é uma decisão urgente", tendo deixado um repto ao Governo: "não adiemos por favor essa urgência".

"Para responder à pandemia precisamos destes recursos todos, precisamos de respeitar as recomendações das autoridades, mas precisamos de garantir a todos as condições reais de cumprir essas recomendações e isso implica também apoios sociais, proteção e condições de trabalho", insistiu.

A ministra da Saúde admitiu, entretanto, que todo o sistema de Saúde, incluindo Serviço Nacional de Saúde (SNS), setor social e privado e estruturas de retaguarda, está próximo do limite.

Ver comentários