Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

Marisa Matias perde em toda a linha

Candidata apoiada pelo Bloco de Esquerda foi a grande derrotada da noite.
Ricardo Ramos 25 de Janeiro de 2021 às 08:39
Marisa Matias
Marisa Matias FOTO: Paulo Novais / Lusa

Marisa Matias foi a grande derrotada da presidenciais e nem o baton vermelho conseguiu esconder o desânimo da candidata apoiada pelo Bloco de Esquerda, que perdeu mais de metade dos votos que teve nas Presidenciais de 2016, perdeu o braço de ferro à esquerda com João Ferreira e perdeu o duelo particular com André Ventura e a extrema-direita.

As primeira projeções deixaram poucas dúvidas de que seria uma noite difícil para a candidata de Coimbra, com a CMTV/Intercampus a dar-lhe 3,1 a 5,5% dos votos, muito longe dos 10,12% que teve nas presidenciais de 2016. Com o cenário traçado ainda na casa de partida, foi a primeira candidata a reagir aos resultados, logo após as 21h30, baton vermelho nos lábios e desilusão no rosto.

"Os resultados estão à vista. Não são os que esperávamos, estão longe do objetivo que traçámos", admitiu, considerando "muito preocupante" que "muitos eleitores de direita tenham votado num candidato de extrema-direita". Sobre o futuro, deixou uma garantia: "Aqui estou como sempre, com mais energia que nunca".

Cronologia do dia
10h40
Candidata apoiada pelo Bloco de Esquerda votou no Pavilhão Mário Mexia, em Coimbra, após esperar 40 minutos na fila. À saída, apelou aos portugueses para "mostrarem orgulho na democracia e na liberdade".

19h00
Chegou ao Pavilhão Centro de Portugal acompanhada pela coordenadora do BE, Catarina Martins, e pela deputada Mariana Mortágua.

21h30
Foi a primeira candidata a reagir aos resultados.

Marisa Matias Bloco de Esquerda Presidenciais João Ferreira André Ventura Coimbra política eleições
Ver comentários