Ministro da Administração Interna diz que nunca falou com antecessora e GNR sobre Tancos

Eduardo Cabrita respondia ao deputado do PSD Carlos Peixoto.
08.11.18
  • partilhe
  • 6
  • +
O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, disse esta quinta-feira no parlamento que nunca falou com a sua antecessora Constança Urbano de Sousa, nem com a Guarda Nacional Republicana, sobre a recuperação das armas furtadas em Tancos.

"Passei a exercer funções de ministro da Administração Interna no dia 21 de outubro de 2017, depois dos acontecimentos. Nunca falei desta matéria com a minha antecessora [a ex-ministra da Administração Interna Constança Urbano de Sousa]. Esta matéria nunca foi falada com a estrutura da GNR", disse Eduardo Cabrita, durante a discussão na especialidade da proposta de Orçamento do Estado para 2019.

O ministro respondia ao deputado do PSD Carlos Peixoto que sublinhou o facto de a GNR estar "confessadamente envolvida" no alegado "encobrimento" do caso da recuperação do material militar furtado em Tancos e perguntou a Eduardo Cabrita se "sabia ou não alguma coisa" e se "falou ou não com a antecessora".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!