Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

"Na Guiné é que estava bem": André Ventura reage a críticas de Joacine sobre multa por discriminar ciganos

Deputada não inscrita afirma que líder do Chega vai pagar o preço "de um amendoim" por discriminação de cidadãos de etnia cigana.
Correio da Manhã 18 de Novembro de 2020 às 19:22
André Ventura
André Ventura FOTO: Tiago Petinga
André Ventura, líder do Chega, reagiu esta quarta-feira às críticas de Joacine Katar Moreira sobre multa de 400 euros por discriminar ciganos aplicada ao deputado

"É aquilo que eu sempre disse. Na Guiné é que estava bem!", escreveu Ventura esta tarde no Twitter fazendo referência à deputada não inscrita.

Joacine Katar Moreira (ex-Livre) criticou o valor da multa aplicada ao líder do Chega, por discriminação de cidadãos de etnia cigana, considerando que André Ventura vai pagar o preço "de um amendoim"

"438,81 euros nem sequer é metade do custo de um 'outdoor' que o Chega tem aos montes espalhados pelo país. 438,81 euros, o preço da multa, é o preço de um amendoim para André Ventura, que cospe sobre uma comunidade inteira há anos e sai impune", lamentou a deputada num 'post' partilhado na rede social Facebook. 

Guiné André Ventura Joacine Katar Moreira Chega política ciganos multa racismo
Ver comentários