Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

"Não há razão para lançar foguetes", mas sem medidas do Governo desemprego "seria o dobro", diz Costa

Primeiro-ministro comparou a atual resposta com a da direita na anterior crise.
Lusa 15 de Julho de 2021 às 19:48
António Costa
António Costa FOTO: Reuters
O secretário-geral do PS admitiu esta quinta-feira que "não há razões para lançar foguetes", mas defendeu que sem as medidas adotadas pelo Governo o desemprego "seria o dobro", comparando a atual resposta com a da direita na anterior crise.

No encerramento do primeiro dia das jornadas parlamentares do PS, que decorrem em Caminha (Viana do Castelo), António Costa fez um balanço de mais de meia hora da primeira metade da legislatura, em jeito de antecipação do debate do estado da Nação que decorre na próxima quarta-feira, onde elencou medidas do Governo em praticamente todas as áreas da governação, da saúde, à educação, passado pela defesa e a segurança interna e até a reforma da floresta ou a estratégia de combate à corrupção

"É razão para lançar foguetes ou dizer que estamos no país das maravilhas? Não, não há razão para lançar foguetes, há mais 86 mil pessoas no desemprego do que no início da crise", disse.

Governo António Costa PS política partidos e movimentos
Ver comentários
}