Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Parlamento aprova voto de pesar pela morte da jornalista Marta Louro

Voto de pesar foi aprovado por unanimidade.
Correio da Manhã 27 de Maio de 2022 às 13:58
A carregar o vídeo ...
Parlamento aprova voto de pesar pela morte da jornalista Marta Louro
O Parlamento aprovou por unanimidade um voto de pesar apresentado pelo Chega pela morte da jornalista do CM/CMTV, Marta Louro.

O momento aconteceu após a votação final global do Orçamento do Estado para 2022.

"Pela morte de Marta Louro, jornalista do Correio da Manhã e da CMTV

"No passado dia 27 de abril, vítima de um acidente em Lisboa, quando se deslocava em reportagem, Marta Louro, jornalista do Correio da Manhã e da CMTV, não resistiu aos ferimentos causados pelo embate do motociclo em que seguia numa viatura no Eixo Norte-Sul, acabando por falecer. Marta Louro, antiga aluna do curso de Ciências de Comunicação da Universidade Autónoma de Lisboa, foi após a sua partida descrita nos mais variados meios de comunicação social, citando antigos colegas, como uma das alunas mais aplicadas durante o seu percurso académico, bem como uma profissional dedicada e exemplar pelos seus companheiros de trabalho e entidade patronal. Descrevia-se na rede social LinkedIn como uma menina que tinha o sonho de ir à Lua, uma adolescente que queria ser militar, uma jornalista. Conseguiu sê-lo com toda a dinâmica e capacitação, circunstância que aliada a uma morte tão precoce só contribui ainda mais para acentuar a dimensão da sua perda"
Marta Louro Parlamento Correio da Manhã CMTV questões sociais morte voto de pesar
Ver comentários
}