Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Protestos por médicos, saneamento, estrada e lítio bloqueiam acesso às mesas de voto

Mais de uma centena de pessoas protestaram contra a falta de saneamento.
Rui Pando Gomes 25 de Janeiro de 2021 às 08:37
Dezenas de pessoas recusaram ontem votar em Morgade, no concelho de Montalegre, como forma de protesto contra o projeto de prospeção de lítio
Dezenas de pessoas recusaram ontem votar em Morgade, no concelho de Montalegre, como forma de protesto contra o projeto de prospeção de lítio FOTO: Direitos Reservados
Falta de médicos, casas sem saneamento, o corte de uma estrada e o avanço da exploração de lítio. Foram estes os motivos que levaram este domingo centenas de pessoas a bloquear o acesso às mesas de voto em freguesias de Barcelos, Águeda, Montalegre e Vila Viçosa.

Em Barcelos, mais de uma centena de pessoas concentram-se junto à Junta de Cambeses, num protesto contra a falta de saneamento. Em Águeda, três mesas de voto da União de Freguesias de Belazaima do Chão, Agadão e Castanheira do Vougo estiveram fechadas durante a manhã após terem colocado pedras e barreiras em ferro para travar o acesso. Em causa está a falta de médicos de família.

Em Morgade, Montalegre, o dia ficou marcado pela pouca afluência às urnas por parte da população, em protesto contra a exploração de lítio. Em Bencatel, Vila Viçosa, alguns moradores recusaram votar devido ao corte de uma estrada.
Vila Viçosa Barcelos Águeda Montalegre política eleições eleições nacionais presidenciais 2021 protestos
Ver comentários