Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

PSD quer reduzir prazos para apoio ao desemprego

Sociais-democratas pedem ao Estado que não seja "dorminhoco" e aplique soluções.
Andresa Pereira e Wilson Ledo 29 de Maio de 2020 às 08:37
Rui Rio, presidente do PSD
Rui Rio, presidente do PSD FOTO: Lusa
O PSD propôs esta quinta-feira ao Governo que reduza o prazo mínimo de dias trabalhados para acesso aos subsídios de desemprego e por cessação de atividade. A ideia faz parte de um plano com 26 medidas apresentado esta quinta-feira pelo partido, numa tentativa de minimizar os impactos sociais da pandemia de Covid-19.

Outra das recomendações em destaque passa pelo alargamento de um subsídio "excecional e transitório" para a compra de bens de primeira necessidade destinado a famílias com "comprovada carência de recursos". A verba serviria, por exemplo, para o pagamento de rendas ou compra de computadores para aulas à distância. 


Os sociais-democratas insistem que o regime de layoff deve ser prolongado até ao final do ano, com atenção especial aos setores que se mantêm encerrados, como quem "organiza grandes festivais de música" ou fornece "setores parcialmente encerrados", concretizou Rui Rio.

O PSD sugeriu também ao Governo que seja mais rápido a pagar as dívidas ao setor social e a fazer o reembolso do IRS, algo que "não custa nada", explicou Rio. "Muitas vezes temos a noção de que o Estado é dorminhoco. Não pode ser agora. Tem de ser célere", acrescentou Adão e Silva, vice-presidente da bancada laranja.

O plano apresentado esta quinta-feira na sede do PSD prevê também medidas para as famílias com filhos, para que sejam revistos os escalões dos abonos e alargado o acesso a creches e jardins de infância, com a criação de uma rede nacional "tendencialmente" gratuita.

No documento consta ainda a reativação da rede solidária de cantinas solidárias, de preferência num regime de take away. Os sociais-democratas gostariam ainda de uma revisão ao Código do Trabalho, para que seja melhor enquadrado o modelo de teletrabalho, testado por muitas empresas no período de confinamento.

SAIBA MAIS
26
propostas apresentadas pelo PSD não vieram acompanhadas de uma estimativa de quanto poderão custar. "Isto são ideias. O Governo pode ou não aproveitar", justificou Rui Rio.

Eleições na bancada
As eleições para a bancada do PSD, adiadas pela pandemia, serão remarcadas em breve. "Mais semana, menos semana, mais dia, menos dia", garantiu Rui Rio. O presidente do PSD estava acompanhado por Adão Silva, apontado como único candidato ao lugar, ocupado provisoriamente por Rio.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)