Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

"Quem se mete com o Governo vai para casa": André Ventura diz que País caminha para "venezuelização"

Deputado e líder do Chega vaticinou que o atual primeiro-ministro não se manterá no cargo por muito mais tempo.
Lusa 14 de Outubro de 2020 às 19:11
André Ventura
André Ventura FOTO: EPA / NUNO VEIGA
O deputado único e presidente do Chega afirmou hoje que "quem se mete com o PS leva e quem se mete com o Governo vai para casa", considerando que o país caminha para o que classificou de "venezuelização".

Na declaração política de André Ventura no plenário do parlamento, o deputado referiu-se a sucessivos casos que têm marcado a atualidade nas últimas semanas, como a não recondução do anterior presidente do Tribunal de Contas, a nomeação para procurador-geral europeu de um candidato que tinha ficado em segundo lugar no concurso ou as novas regras para a contratação pública, ainda em discussão na Assembleia da República.

"Quem se mete com o PS leva e quem se mete com o Governo vai embora para casa e esta vai continuar a ser a regra enquanto esta câmara não mandar abaixo a iniciativa autoritária de António Costa", afirmou.

Ao mesmo tempo, o deputado e líder do Chega vaticinou que o atual primeiro-ministro não se manterá no cargo por muito mais tempo.

"António Costa não está para ficar, mais mês menos mês este Governo vai cair. Não há um único Governo na história do PS que, em crise, se tenha aguentado mais de ano e meio", disse.

Em relação ao próximo Orçamento do Estado, Ventura afirmou que o documento não prevê "nem mais um cêntimo para a corrupção".

"Perante tudo isto, o Presidente da República olha para o lado, alguma oposição prefere não comentar. Uma palavra: venezuelização: é isso que está a acontecer em Portugal", considerou.

Ver comentários