Se algum deputado tivesse declarado uma falsa presença "seria gravíssimo", diz Santana Lopes

Presidente da comissão instaladora do partido Aliança ressalvou não estar a comentar o caso concreto de José Silvano.
Por Lusa|08.11.18
  • partilhe
  • 1
  • +
O presidente da comissão instaladora do partido Aliança, Pedro Santana Lopes, considerou esta quinta-feira que se algum deputado tivesse declarado uma falsa presença "isso seria gravíssimo", ressalvando não estar a comentar o caso concreto de José Silvano.

O antigo primeiro-ministro foi questionado sobre o caso do secretário-geral do PSD, José Silvano, no final de uma audiência concedida pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, ao partido Aliança, no Palácio de Belém, em Lisboa, em Lisboa.

Santana Lopes começou por dizer que não queria falar do caso concreto do deputado do seu ex-partido, mas que "a Aliança censura qualquer forma de comportamento indevido, nomeadamente ao nível do Estado, que se traduza na violação dos deveres de honestidade, de seriedade".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!