Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

“Serei dos últimos a tirar a máscara”: Marcelo diz que será a Assembleia da República a decidir sobre restrição

Presidente da República visitou centro de vacinação com Gouveia e Melo e elogiou adesão dos jovens ao processo.
Correio da Manhã 22 de Agosto de 2021 às 12:31
A carregar o vídeo ...
Marcelo Rebelo de Sousa visita centro de vacinação de Alcabideche e cumprimenta jovens
Marcelo Rebelo de Sousa visitou este domingo o centro de vacinação contra a Covid-19 em Alcabideche, Cascais, acompanhado pelo vice-almirante Gouveia e Melo.

Ao chegar, o Presidente da República, deixou elogios e agradecimentos às autoridades de saúde e à task force da vacinação, pelos resultados do processo. Felicitou o coordenador da task force pelo que tem sido "um sucesso o processo de vacinação". Felicitou "toda a estrutura da Saúde" , assim como também responsáveis do centro de vacinação e profissionais "que tiveram a sua vida mudada no verão" para ajudarem no processo, e que se "mobilzaram em massa para este esforço coletivo".

Marcelo recordou que a vacinação contra a Covid-19 não é obrigatória e adiantou ter ficado agradado com a meta de 70% da população vacinada. 

"O que há é um dever cívico [de vacinação]. O que é facto é que já ultrapassámos os 70% de vacinação, a maioria esmagadora dos portugueses disse que sim, livremente. este fim de semana são os jovens entre os 12 e 15 anos, com o fim ou início de férias de muitos, é um sacrifício, mas sempre entendi que era um sacrifício que fazia sentido, se pensarmos no início do ano letivo. Se todos ficarão vacinados…  depende da vontade das pessoas. Tem que torcer a sua vida, sacrificar as férias, para acelerar o processo", exemplificou.

"Estou convicto que o que se viu ontem [sábado] é um estado de espírito que fica para o futuro. Estou satisfeito com o ter-se proporcionado a liberdade de escolha das pessoas. Não se tratava de impor nada a ninguém, era abrir-se uma possibilidade. Foi bom, abrir espaço de liberdade é sempre bom", considerou sobre a adesão dos jovens ao processo de vacinação.

Marcelo não poupou elogios também a Graça Freitas, Diretora-Geral da Saúde: "Sinto-me orgulhoso de haver esta task force, com este líder nato, sinto-me orgulhoso pelas estruturas de saúde... tenho um cumprimento a fazer à Dr.ª Graça Freitas: tem um grande mérito que é dar a cara. Uma pessoa que todos os dias durante ano e meio dá a cara merece o nosso agradecimento, a nossa gratidão", afirmou.

O Presidente falou ainda das novas fases de desconfinamento, realçando a necessidade de "muito cuidado nas próximas quatro semanas", no acompanhamento e ponderação feitos pelo Governo à situação epidemiológica em Portugal.

"Os portugueses são experientes, sabem que há comportamentos que acautelam mais do que outros, e se há mais liberdade, significa mais responsabilidade", afirmou Marcelo, que aproveitou também para falar da eventual decisão da máscara deixar de ser obrigatória.

"Fui dos primeiro a colocar a máscara, e serei dos últimos a tirá-la", afirmou Marcelo, remetendo para a Assembleia da República a decisão que defende.

No interior do centro de vacinação, Marcelo falou com pais e jovens, tirou selfies e deixou apelos à inoculação. No final disse estar "muito satisfeito".

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários