Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

"Todo o setor teve uma dramática situação", António Costa sobre Dia Mundial do Turismo

"Foi um mês onde as produções de viagens e turismo bateu recorde desde 1986", salientou o primeiro ministro.
Correio da Manhã 27 de Setembro de 2022 às 10:35
António Costa
António Costa FOTO: Reuters
O primeiro ministro António Costa realçou esta terça-feira, em Dia Mundial do Turismo, que apesar de toda a "situação dramática" que o país atingiu em período pandémico impulsionado pela Covid-19, "em julho já foram atingididas dormidas de não residentes a níveis de pré-pandemia".

"Foi um mês onde as produções de viagens e turismo bateu recorde desde 1986", salientou Costa, acrescentando que esta "é uma tendência que temos de crescer a acarinhar".

O primeiro-ministro relembrou ainda o lançamento do programa "Reativar Turismo" como sendo uma oportunidade e um "sustento inportante para a diversificação regional".

As dormidas em estabelecimentos turísticos na União Europeia (UE) atingiram no primeiro semestre do ano 1,01 mil milhões, 14 por cento abaixo dos níveis do mesmo período de 2019 (1,18 mil milhões), divulgou esta terça-feira o Eurostat.

De acordo com os dados do serviço estatístico da UE, os dados para o primeiro semestre mostram uma subida de 149% das dormidas turísticas face ao período homólogo de 2021.

Entre janeiro de junho, 432,9 milhões de dormidas foram de turistas estrangeiros, mais 40% do que em 2021 (86,4 mil milhões) mas ainda 22% abaixo do número de dormidas de estrangeiros registada no primeiro semestre de 2019.

Depois de o turismo dentro da UE ter dominado as dormidas nos primeiros semestres de 2020 (64%) e 2021 (71%), entre janeiro e junho este valor já recuou para os 57% (53% no período homólogo de 2019).

A pandemia da covid-19, causada pelo vírus SARS-CoV-2, atingiu a Europa no ínício de 2020, contabilizando já mais de 615 milhões e casos e de 6,5 milhões de mortes em todoo mudo, segundo os dados mais recentes da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos.







António Costa Covid-19 Dia Mundial do Turismo turismo economia negócios e finanças
Ver comentários