Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
5

Um em cada quatro trabalhadores do setor privado em layoff

Cerca de 470 mil trabalhadores vão receber este mês bónus por terem estado em layoff.
Wilson Ledo 9 de Julho de 2020 às 01:30
Ana Mendes Godinho foi ao Parlamento fazer um novo balanço sobre as medidas de emergência
Ana Mendes Godinho foi ao Parlamento fazer um novo balanço sobre as medidas de emergência FOTO: Mariline Alves
Um em cada quatro trabalhadores do setor privado está atualmente em layoff simplificado. São 877 mil pessoas cujos contratos estão total ou parcialmente suspensos devido aos efeitos da pandemia.

O cenário foi traçado esta quarta-feira no Parlamento por Ana Mendes Godinho. A ministra do Trabalho considerou que o mecanismo “teve capacidade de reter e manter postos de trabalho”, abrangendo 108 mil empresas.

Segundo a governante, ainda neste mês de julho serão quase 470 mil os trabalhadores que vão receber um bónus entre 100 e 351 euros por terem estado em layoff. O complemento só se aplica a trabalhadores com rendimentos acima dos 635 euros e até 1270 euros.

As contas confirmam que o layoff simplificado foi a medida central na resposta à pandemia: sem contar com as isenções às empresas, custou 718 dos 992 milhões já pagos pela Segurança Social em apoios extraordinários. As medidas englobaram 149 mil empresas e 1,3 milhões de trabalhadores.

Ana Mendes Godinho garantiu ainda que, no final da semana, serão publicadas as regras para o apoio às empresas que conservem emprego após o layoff, através do pagamento de um ou dois salários mínimos por cada funcionário mantido.

Desemprego a aplanar
Apesar dos quase 41 mil novos desempregados em junho, a ministra fala num “alisamento” do indicador. A taxa de cobertura do subsídio de desemprego deverá fixar-se nos 55%.

Reforço temporário
5040 desempregados inscritos no IEFP ou trabalhadores em layoff receberam colocação em unidades de saúde e lares.

Plano de formação
O IEFP prepara-se para lançar um aviso para formação nas áreas digital, tecnológica, ambiental e social. A formação deverá abranger 600 mil pessoas.
Ana Mendes Godinho IEFP economia negócios e finanças economia (geral) media trabalho relações laborais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)