Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

600 polícias vigiam marchas e arraiais em Lisboa

Forte dispositivo na Avenida da Liberdade. Atenção aos carteiristas.
Rogério Chambel e Miguel Curado 12 de Junho de 2019 às 08:45
Alfama, a sétima a desfilar na avenida, defende o título
Casamentos de Santo António são um dos pontos altos das festas da cidade. Decorrem em dois momentos: de manhã, nos Paços do Concelho, com a cerimónia civil (cinco casais), e à tarde, com a religiosa, na Sé de Lisboa (11 casais)
Avenida com corte de trânsito
Alfama, a sétima a desfilar na avenida, defende o título
Casamentos de Santo António são um dos pontos altos das festas da cidade. Decorrem em dois momentos: de manhã, nos Paços do Concelho, com a cerimónia civil (cinco casais), e à tarde, com a religiosa, na Sé de Lisboa (11 casais)
Avenida com corte de trânsito
Alfama, a sétima a desfilar na avenida, defende o título
Casamentos de Santo António são um dos pontos altos das festas da cidade. Decorrem em dois momentos: de manhã, nos Paços do Concelho, com a cerimónia civil (cinco casais), e à tarde, com a religiosa, na Sé de Lisboa (11 casais)
Avenida com corte de trânsito
Lisboa vive esta quarta-feira o ponto alto das festas da cidade, com o desfile das marchas populares, arraiais e os casamentos de Santo António.

À espera de milhares de pessoas nas ruas, a PSP mobilizou cerca de 600 agentes. O Corpo de Intervenção está de prevenção.

A preocupação com a segurança levou à proibição de folgas no dia desta quarta-feira. O CM sabe que foi pedido empenhamento total ao efetivo do Comando de Polícia da capital.

Na avenida da Liberdade, onde decorre o desfile das marchas, a PSP vai montar um forte dispositivo policial e instalar barreiras de cimento para impedir a entrada de veículos.

Também há reforço policial nos bairros de Alfama, Castelo, Bairro Alto e Santos. Também vai haver particular atenção aos carteiristas.

Como habitualmente, serão feitos controlos de alcoolemia sempre que se justifique, bem como do consumo de drogas.

Os festejos começam com os casamentos de Santo António. O modelo segue a tradição dos anos anteriores, com a cerimónia civil (cinco casais) às 11h45 nos Paços do Concelho, seguindo-se, às 14h00, os casamentos religiosos (onze casais) na Sé de Lisboa.

A cerimónia contará ainda com 13 Casais de Ouro, abençoados por Santo António em 1969 e que renovarão os votos das bodas de ouro.

À noite, realiza-se o desfile das marchas populares na avenida da Liberdade, com 23 coletividades. O desfile decorre durante quatro horas e só de madrugada se saberá quem ganha (Alfama defende o título).

Durante a noite, há dezenas de arraiais, em que a sardinha assada é rainha.

Marquês, Avenida da Liberdade e Rossio com trânsito cortado
Esta quarta-feira, a partir das 14h00, há condicionamentos de trânsito no eixo central da avenida da Liberdade.

A partir das 17h00 haverá corte de trânsito e, a partir das 18h30, será interditada a circulação rodoviária entre a praça Marquês de Pombal e a praça D. Pedro IV (Rossio).

Esta interdição ao trânsito decorrerá até às 08h00 de quinta-feira.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)