Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Apoio à renda da casa chega a mais 49 famílias em Vila Nova de Famalicão

Valor do apoio varia entre 50 e 100 euros e a maioria das famílias está no escalão máximo.
Fátima Vilaça 21 de Abril de 2019 às 09:56
Apoio à renda da casa chega a mais 49 famílias em Vila Nova de Famalicão
Apoio à renda da casa chega a mais 49 famílias em Vila Nova de Famalicão FOTO: Direitos Reservados
Ajudar as famílias com dificuldades económicas a cumprirem o pagamento das rendas da habitação, evitando despejos, é o objetivo do programa ‘Casa Feliz – Apoio à Renda’, promovido pela Câmara de Vila Nova de Famalicão. Este ano, o município apoiará 248 famílias do concelho.

A ajuda chega, assim, a mais 49 famílias do que no ano anterior e está dividido em três escalões de comparticipação. O valor do apoio mensal varia entre 50 e 100 euros. Grande parte dos beneficiários receberá a quantia máxima.

"Passámos de 199 famílias, em 2018, para 248, este ano, e de um envelope financeiro na ordem dos 200 mil euros para 252 mil", referiu o presidente da câmara municipal.

Paulo Cunha sublinhou que o aumento do número de beneficiários mostra que os famalicenses têm conhecimento das políticas sociais da autarquia. "As famílias conhecem os apoios que a câmara concede porque, quando criamos uma medida social, queremos que as pessoas beneficiem dela", explicou o autarca. Por outro lado, a tendência nacional de aumento do valor das rendas cobradas aos inquilinos tem, para o edil, "provocado que mais pessoas procurem ajuda".

Estes apoios do município de Famalicão são divididos em três escalões, a que correspondem os valores de 100, 75 e 50 euros mensais. Com o escalão mais elevado foram beneficiadas 114 famílias; no escalão seguinte ficaram 115 famílias; e apenas 19 recebem o valor mais baixo.

O programa de apoio às rendas, em Vila Nova de Famalicão, existe desde 2013, e tem vindo a chegar a mais cidadãos de ano para ano. "A autarquia já investiu mais de 800 mil euros com os apoios à renda", referiu a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, em comunicado.
Ver comentários