Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Armação de Pera vai ter ecovia com ponte sobre ribeira

Nova ecovia, com cerca de 1500 metros de extensão, custa 1,2 milhões de euros.
José Carlos Eusébio 28 de Setembro de 2020 às 09:06
Projeto prevê a construção de uma ponte em madeira, com 225 metros de extensão, sobre a ribeira de Alcantarilha
Projeto prevê a construção de uma ponte em madeira, com 225 metros de extensão, sobre a ribeira de Alcantarilha FOTO: Pedro Noel da Luz
Armação de Pera, no concelho de Silves, vai ganhar uma ecovia com cerca de 1,5 quilómetros, que contempla a construção de uma ponte sobre a ribeira que desagua na praia. Desta forma, será criada uma nova ligação ao município de Albufeira.

A Câmara de Silves já lançou o concurso público da obra, que representa um investimento de 1,2 milhões de euros (mais IVA), verba comparticipada por fundos comunitários (207 mil euros) e pelo Turismo de Portugal (166 mil). A empreitada tem um prazo de execução de sete meses, após a data de adjudicação.

Segundo apurou o CM junto da autarquia, a designada Ecovia Litoral Sul prevê a construção de uma ponte em madeira, com 225 metros de extensão, sobre a ribeira de Alcantarilha, permitindo a ligação entre Armação de Pera e o passadiço já existente na praia Grande.
O resto do troço da ecovia será em espaço urbano, atravessando longitudinalmente a vila turística de nascente para ponte, pela frente de mar, até Hotel Holliday Inn.

Por outro lado, encontra-se já elaborado o projeto para a execução de uma segunda fase da referida ecovia, embora o concurso da obra ainda não tenha sido lançado. O investimento previsto atinge os 430 mil euros (mais IVA).

Ao que apurou o CM, esta intervenção irá estender-se desde o Hotel Holliday Inn até ao Barranco do Vale do Olival, situado no limite do concelho de Silves com o de Lagoa.

A empreitada irá abranger, além da construção da via pedonal e ciclável, a instalação de diversas infraestruturas subterrâneas e de nova iluminação pública, bem como a criação de estacionamento público.
Ver comentários