Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Autarquia de Faro esconde legionella em pavilhão

Os duches encontram-se proibidos aos utentes do Pavilhão Municipal da Penha.
Rafael Domingues 4 de Dezembro de 2019 às 08:59
Pavilhão Municipal da Penha
Pavilhão Municipal da Penha FOTO: André Guerreiro

Há cerca de um mês, durante uma análise de rotina, foram detetados níveis acima do limite da bactéria legionella, no circuito de água dos balneários do Pavilhão Municipal da Penha. A câmara encerrou de imediato este espaço de banhos e espera, ainda esta semana, fechar contrato com uma empresa para proceder à desinfeção.

"Após as análises feitas detetámos valores de legionella acima do limite no sistema de água fria. Por precaução, decidimos proibir os duches, até porque os balneários são sobretudo utilizados por crianças e idosos" disse ao CM, Vítor Filipe, chefe da divisão de desporto da câmara.

O caso só agora foi conhecido, após denúncia de vários utentes, que estranharam o encerramento prolongado deste espaço no pavilhão.

O responsável pelo desporto municipal afirmou ainda que "a autarquia não divulgou o caso para não criar alarmismo nas pessoas", visto que todos os outros serviços continuam abertos ao público. Como alternativa, a câmara disponibiliza os balneários do Campo de Futebol da Penha e da Pista de Atletismo de Faro, situados ao lado desta infraestrutura municipal, para quem quiser tomar banho após os treinos.

"Já adjudicámos a obra a uma empresa especializada e esperamos até ao final desta semana assinar contrato com a mesma e começar com o tratamento" referiu Vítor Filipe. Irá ser colocado um doseamento de cloro nas instalações que permite o tratamento de água e também prevenir que a situação volte a acontecer. A câmara espera que a situação esteja resolvida no início do próximo ano. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)