Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Ciclovia em mau estado causa queda de ciclistas na Marinha Grande

Piso está danificado, apresentando brechas e zonas mais elevadas, por ação das raízes dos pinheiros.
Isabel Jordão 26 de Março de 2019 às 08:55
Ciclovia está em mau estado em vários troços
Ana Silva ficou com marcas no corpo motivadas pela queda
Ciclovia está em mau estado em vários troços
Ana Silva ficou com marcas no corpo motivadas pela queda
Ciclovia está em mau estado em vários troços
Ana Silva ficou com marcas no corpo motivadas pela queda
O mau estado de conservação de um dos troços mais antigos da estrada atlântica, entre as praias da Vieira e de S. Pedro de Moel, no concelho da Marinha Grande, está na origem de quedas violentas de ciclistas, sobretudo quando seguem em grupo.

A última ocorreu no domingo, em que uma jovem, Ana Silva, caiu e sofreu um trauma grave no tronco e na anca, que a obriga a repouso absoluto nas próximas semanas. A manutenção está a cargo da Câmara da Marinha Grande, que esta segunda-feira não respondeu às questões do CM.

"Íamos em passeio, a uns 30 quilómetros por hora, quando uma pinha entrou nos raios da bicicleta", contou esta segunda-feira Ana Silva ao CM, adiantando que tentou desviar-se mas acabou por cair.

"Dei uma cabeçada com tanta força que o capacete se partiu e tive de ser imobilizada antes de ir para o hospital para ser assistida", adiantou.

Em casa e sem conseguir mexer-se, contou que as quedas são "habituais" e resultam do "mau estado de conservação e da falta de limpeza da ciclovia".

"O piso em si também não é dos melhores, mas precisa de manutenção e sobretudo de limpeza, porque há imensas pinhas e pedaços de madeira no meio da ciclovia e nem sempre nos conseguimos desviar a tempo de evitar as quedas", salienta.

"É uma questão de total falta de segurança", acrescenta Tomé Maurício, que também seguia no grupo, explicando que o piso tem "brechas e está partido ou elevado" em muitos locais, por ação das raízes dos pinheiros. A areia e carumas acumuladas "também são um perigo".

Ana Silva fez uma participação à GNR, que foi chamada para tomar conta da ocorrência.
Ver comentários