Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Estrada em risco de ruir há mais de uma década em Mação

Moradores acusam entidades responsáveis de os terem votado ao esquecimento.
José Durão 24 de Dezembro de 2018 às 08:41
A estrada que liga Chão de Codes a Chão de Lopes, concelho de Mação, necessita urgentemente de obras
A estrada que liga Chão de Codes a Chão de Lopes, concelho de Mação, necessita urgentemente de obras
A estrada que liga Chão de Codes a Chão de Lopes, concelho de Mação, necessita urgentemente de obras
A estrada que liga Chão de Codes a Chão de Lopes, concelho de Mação, necessita urgentemente de obras
A estrada que liga Chão de Codes a Chão de Lopes, concelho de Mação, necessita urgentemente de obras
A estrada que liga Chão de Codes a Chão de Lopes, concelho de Mação, necessita urgentemente de obras
Há muito que os moradores de Chão de Codes, em Mação, reclamam por soluções para a EN244, que liga a povoação a Chão de Lopes. Já passaram mais de 10 anos desde que um pesado passou à beira da estrada, logo à saída da aldeia, e causou um aluimento de terras, deixando metade da via em risco de cair para a ravina.

Desde então, um diferendo entre a autarquia e a Infraestruturas de Portugal (IP) deixou as reparações em banho-maria, mesmo após o tribunal obrigar a IP a assumir as responsabilidades de financiamento e execução da obra - a entidade pública pretendia, desde o aluimento, que fosse a câmara a assumir as responsabilidades.

"Já conheço aquilo assim há anos", disse ao CM Manuel Alpedrilhe, morador no concelho. "Todos prometem soluções, mas ninguém faz nada", queixa-se. A população lamenta ter sido esquecida pelas autoridades e muitos admitem recear lá passar.

"Passei muita vez de noite naquela estrada, ou seja, naquele precipício", afirmou António da Costa, motorista reformado e há 42 anos residente no concelho. "Assustava-me quando passava de noite", acrescentou.

"Qualquer dia há aqui uma tragédia. Nunca sucedeu – até ver", disse. Aos olhos do morador, porém, a passagem do fogo no ano passado pode vir a causar ainda mais problemas na estabilidade da via. "Desde os incêndios que está pior", assevera António da Costa.

Contactada pelo Correio da Manhã, a IP informou que está em marcha a elaboração de um projeto para a reparação da via.

A entidade garante que "se mantém a acompanhar a situação" e não afasta a possibilidade de "adequar os constrangimentos de trânsito, de modo a acautelar as condições de segurança de pessoas e bens".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)