Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Marchas populares de Lisboa mostram trunfos

Primeiras exibições começaram esta sexta-feria no Meo Arena.
Rogério Chambel 3 de Junho de 2017 às 12:31
Bruno Cabrerizo é o padrinho da Marcha da Madragoa
Marcha de Belém
Marcha de Benfica
Padrinhos da marcha de Carnide
Marcha da Penha de França
Padrinhos da marcha de Santa Engrácia
Marcha de São Vicente
Bruno Cabrerizo é o padrinho da Marcha da Madragoa
Marcha de Belém
Marcha de Benfica
Padrinhos da marcha de Carnide
Marcha da Penha de França
Padrinhos da marcha de Santa Engrácia
Marcha de São Vicente
Bruno Cabrerizo é o padrinho da Marcha da Madragoa
Marcha de Belém
Marcha de Benfica
Padrinhos da marcha de Carnide
Marcha da Penha de França
Padrinhos da marcha de Santa Engrácia
Marcha de São Vicente

Foi em ambiente de festa e aos gritos de "Ié, Ié, Ié" e "A marcha é linda" que começaram na  sexta-feira à noite no Meo Arena as primeiras exibições das marchas populares de Lisboa. É o primeiro ponto alto das festas da cidade. A Marcha Infantil das  crianças da Voz do Operário abriu, como habitualmente, as exibições. Participam extra-concurso e arrancam sempre muitos aplausos nas bancadas. De azul e amarelo vestidas, as crianças mostraram o que a escola ensina, na defesa das tradições.

Marchas populares de Lisboa mostram trunfos

Foi com a marcha de S. Vicente, que mostrou o tema "Toca a marchar Cavalinho", que começou a competição a sério. Seguiram-se Penha de França, que se apresentou "Enamorada num Jardim de Lisboa"; Benfica, cantando bem alto "Lisboa Não Abdica do Seu Amor por Benfica"; Madragoa, sempre descalça e a dançar o vira, mostrou a "Alma de uma Varina"; Santa Engrácia, que evocou o bairro na " Era Medieval"; Carnide, que levou a Feira Popular, e Belém, num "Encontro de Enamorados".

As exibições prosseguem neste sábado com as marchas dos Mercados, Bairro Alto, Olivais, Castelo, Campo de Ourique, Bela Flor-Campolide, Ajuda e Marvila. No domingo é a última exibição das marchas, com a Santa Casa (extra-concurso), Graça, Mouraria, Alfama, Alto do Pina, Bica e Alcântara.

O tira teimas é na noite de Santo António, 12 para 13 de junho, com o grande desfile das 20 marchas a concurso na avenida da Liberdade.

marchas populares Santo António festas Lisboa festas populares
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)