Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Munícipes de Faro vão pagar 258 euros por cremação

Autarquia farense conseguiu “desconto significativo” para os residentes no concelho.
Tiago Griff 25 de Setembro de 2020 às 09:13
Crematório Municipal de Faro
Crematório Municipal de Faro FOTO: Direitos Reservados
Após 11 meses de obra e mais de uma década de tramitação jurídica e administrativa, a construção do Crematório Municipal está concluída e o equipamento está em funcionamento no Cemitério Novo, na zona da Penha, em Faro.

O crematório tem um investimento de 1,16 milhões de euros por parte da concessionária, a Servilusa - Agências Funerárias, que se compromete a pagar uma mensalidade à autarquia e a dar descontos aos munícipes farenses.

"O contrato de concessão tem a duração de 30 anos e a câmara vai receber 1700 euros por mês pela ocupação do terreno e 1 por cento do valor de cada cremação, tendo sido garantido um desconto significativo para os munícipes do concelho: os residentes em Faro pagarão 258 euros por cremação, enquanto os não residentes pagarão 309 euros", revela a autarquia farense.

O crematório está equipado com dois fornos, um para as cremações funerárias e um forno pirolítico para queimar resíduos associados aos enterramentos, como flores e restos de urnas. As principais valências de apoio ao serviço de cremação incluem receção, sala de estar, cafetaria, capela ecuménica, sala, sala de última despedida, tanatopraxia e jardim da memória/cendrário.

Segundo ainda a autarquia, "a sala da última despedida é um elemento diferenciador deste equipamento, que vem servir toda a população do Sotavento algarvio e central. Esta valência permite acompanharem até ao último momento o familiar ou amigo, na medida em que torna possível visualizar a entrada da urna no forno, pela sala adjacente e através de uma janela em vidro ou a partir de um ecrã, instalado na capela".
Penha Faro Cemitério Novo Crematório Municipal política autoridades locais questões sociais morte religião
Ver comentários