Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Oito moinhos de Jancido recuperados por grupo de amigos

Grupo reúne-se todos os sábados para dar uma nova vida às estruturas seculares que estavam abandonadas.
Manuel Jorge Bento 16 de Dezembro de 2018 às 06:00
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Reportagem sobre os Moinhos de Jancido
Junto à antiga linha de Midões que ligava as minas de Covelo à foz do rio Sousa, em Gondomar, os oito moinhos de Jancido estavam esquecidos, degradados e cobertos por vegetação.

Em outubro de 2016, um grupo de amigos decidiu, de forma voluntária, recuperar as estruturas - construídas há séculos e que funcionavam com a água da chamada ribeira de Caia-Águas. O objetivo é colocar alguns moinhos em funcionamento, transformando o local num espaço atrativo e visitável.

"Pertencíamos à comissão de festas de Santo Ovídio e, quando queríamos realizar uma caminhada, limpámos um pouco o mato que cobria os moinhos. Depois, começámos a ter a rotina de, aos sábados, tratarmos do espaço e das estruturas onde, em tempos, se transformava o milho em farinha para pão", referiu ao CM Paulo Campos, um dos voluntários.

O grupo obteve aprovação dos oito proprietários dos moinhos e tem feito a recuperação. "Não sabemos quando vamos terminar, mas é o nosso ginásio semanal", graceja. "Estes cidadãos têm feito um trabalho brutal e de forma voluntária, sem qualquer tipo de apoio", sublinha José Fernando Moreira, vereador do Ambiente da Câmara de Gondomar.

Indica ainda ao CM que, "pelas características históricas, culturais e ambientais, aquele espaço deve integrar a rede de parques e percursos urbanos que estamos a criar no concelho, o que beneficia as pessoas da freguesia, mas também, pela proximidade, do Grande Porto, proporcionando momentos agradáveis e de qualidade em plena natureza", refere o autarca, que disponibiliza acompanhamento e colaboração no trabalho desenvolvido pelos voluntários.

"É importante para todos nós enquanto comunidade", conclui José Fernando Moreira.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)