Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Temporal em Famalicão testa meios de socorro

Cenário de forte intempérie mobiliza operacionais das corporações de bombeiros e forças de segurança.
Manuel Jorge Bento 24 de Março de 2017 às 08:28
Elementos das corporações e forças de segurança vão ser testados amanhã num cenário simulado de forte intempérie
Elementos das corporações e forças de segurança vão ser testados amanhã num cenário simulado de forte intempérie FOTO: Direitos Rerservados
Todo um concelho em alerta vermelho, com chuva e vento muito fortes, inundações, estradas cortadas e telhados arrancados, com dezenas de elementos das corporações de bombeiros, das forças de segurança e da Proteção Civil a acudir às ocorrências. É o cenário que vai ser vivido, amanhã à tarde, em Vila Nova de Famalicão. Mas tudo não passará de um simulacro.

Será um teste, denominado ‘Stormex’, ao Plano Municipal de Emergência. "Será um exercício à escala real, ou seja, existe a mobilização de meios e recursos envolvidos nas ações de resposta ao cenário simulado", explica o vereador da Proteção Civil, Ricardo Mendes. O autarca salienta a relevância da ação, mas apela também à necessidade das populações estarem avisadas, de forma a evitar preocupações desnecessárias.

O contexto do exercício é de uma forte intempérie no concelho de Vila Nova de Famalicão, com previsão de precipitação forte, rajadas muito fortes de vento (130 a 140 km/hora) e trovoada, a partir das 15h30 - o que leva a Proteção Civil a emitir um alerta vermelho. Atendendo a várias ocorrências ‘registadas’, é ativado o Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil.

Serão simuladas ocorrências na avenida José Manuel Marques (Antas), na estrada nacional, em Ponte do Louro (Louro), na ciclovia Santo Adrião (Vila Nova de Famalicão), na VIM, sentido Joane/Vizela (junto à rua da Paz, em Oliveira Santa Maria), na rua de Santo António (Delães), e no parque de estacionamento D. Maria II (Antas). A autarquia pede "a compreensão dos munícipes para a necessidade de realização deste exercício".
Ver comentários