Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Valpaços reabre hospital e fecha ‘guerra’ de 2011

Reinauguração prevista ainda para este ano. Encerramento motivou protestos populares.
Tânia Rei 16 de Setembro de 2019 às 08:00
Hospital de Valpaços
Hospital de Valpaços FOTO: Pedro Rebelo
A reabertura do hospital da cidade de Valpaços deve acontecer no último trimestre deste ano. Já desde o início deste mês estão a ser colocados os equipamentos no renovado edifício, o que tem acontecido "a bom ritmo". A unidade vai contar com Cuidados Continuados, Medicina Física e Reabilitação, consultas externas, bloco operatório, internamento, Radiologia e Serviço de Apoio Permanente.

O regresso chegou a estar previsto para março passado, mas, devido a atrasos na empreitada, acabou por não acontecer. As obras estão orçadas em cerca de três milhões de euros, e são financiadas em 50 por cento pelo município de Valpaços.

O encerramento daquele hospital aconteceu em janeiro de 2011, o que motivou manifestações populares e atirou, à altura, 40 funcionários para o desemprego. Os hospitais mais próximos passaram a ser Chaves e Mirandela, com as outras opções a passarem por Vila Real ou Bragança.

Em dezembro de 2016 foi assinado um memorando de entendimento entre a Santa Casa da Misericórdia, proprietária do edifício, a Câmara e a Administração Regional de Saúde do Norte para que a valência fosse devolvida à população. Em abril de 2017 foi lançado o concurso público de adjudicação da empreitada.

Já no ano passado, com as obras de remodelação e ampliação em curso, a convicção da autarquia liderada por Amílcar Castro de Almeida era que se trata de "um investimento que dá resposta à necessidade de prestação de serviços de saúde de proximidade aos valpacenses e que, certamente, incrementará os índices de empregabilidade no concelho".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)