Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

950 quilómetros de linha ferroviária ainda não tem sistema de controlo de velocidade

Infraestruturas de Portugal diz cumprir com recomendações.
Isabel Jordão 4 de Agosto de 2020 às 08:47
Acidente em Soure
Fernando Pires tinha 57 anos
Carlos Santos tinha 56 anos
Acidente em Soure
Fernando Pires tinha 57 anos
Carlos Santos tinha 56 anos
Acidente em Soure
Fernando Pires tinha 57 anos
Carlos Santos tinha 56 anos
O presidente da Infraestruturas de Portugal (IP), António Laranjo, garantiu esta segunda-feira que a empresa “deu cumprimento a todas as recomendações de implementação imediata” feitas pelo Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes Ferroviários e prevê lançar “ainda no corrente ano” o concurso para instalação do sistema CONVEL (em falta em 950 km de ferrovia) nos veículos de manutenção como o interveniente no acidente em Soure, na sexta-feira passada.

O acidente causou a morte do condutor e do ajudante que seguiam na veículo de manutenção (dresina) e quatro dezenas de feridos, três ainda hospitalizados em Coimbra. O mais grave é o maquinista, de 47 anos, que está estável, ventilado e com prognóstico reservado. Há ainda duas passageiras internadas e estáveis.

A IP começou a instalar o CONVEL - sistema automático de controlo de velocidade - em 1993, mas ainda faltam 950 quilómetros de linha e 50 veículos de manutenção e só há uma semana e meia é que a empresa recebeu uma proposta “robusta, séria e credível” para instalação dessa tecnologia da década de 80. “É ultrapassada, mas fiável e segura”, explicou esta segunda-feira Carlos Fernandes, vice-presidente da IP, adiantando que o CONVEL será instalado por uma empresa portuguesa que está a “desenvolver uma caixa interpretadora”.

As explicações da IP não satisfizeram o Sindicato Nacional dos Maquinistas, que esta segunda-feira insistiu na aplicação de “procedimentos regulamentares mitigadores do risco”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)