Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Abandona mulher de faca espetada

Quando os bombeiros chegaram anteontem ao número 28 da rua de Santo António, no Alto do Seixalinho, Barreiro, a mulher estava prostrada no chão do prédio, com uma faca cravada na cabeça, e envolta numa poça de sangue. A poucos metros estava o ex-marido, detido depois por agentes da PSP entretanto chamados.
7 de Março de 2013 às 01:00

Segundo o CM apurou, a vítima, uma mulher de 51 anos, estava a chegar a casa, pelas 21h30 de anteontem, quando foi surpreendida pelo ex--marido, de quem estava separada há já alguns meses.

A mulher foi socorrida por elementos dos bombeiros do Corpo de Salvação Pública, que a encontraram em estado muito grave.

"A vítima foi imobilizada e, depois de estabilizada, transportada ao hospital do Barreiro", disse ao CM o comandante José Figueiredo. Posteriormente, devido à gravidade dos ferimentos, a mulher foi transferida para o Hospital Garcia de Orta, em Almada, onde foi submetida a uma intervenção cirúrgica de urgência. À hora de fecho desta edição estava internada na Unidade de Cuidados Intensivos de Neurocirurgia, em estado grave. Corria sério perigo de vida.

O agressor, de 52 anos, foi detido pela PSP e hoje deverá ser presente a tribunal para primeiro interrogatório judicial.

barreiro agressão faca PSP crime
Ver comentários