Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Acidente mata bebé de um ano

A tragédia abateu-se sobre uma família portuguesa que regressava a casa, de uma viagem pelo Sul de Espanha. O carro em que seguia despistou-se, no domingo à tarde, entre Huelva e Sevilha. O acidente matou uma bebé de um ano de idade.
19 de Setembro de 2006 às 00:00
Fim-de-semana trágico na Andaluzia: sete mortos em desastres
Fim-de-semana trágico na Andaluzia: sete mortos em desastres FOTO: José Manuel Vidal/Reuters
Entre os quatro ocupantes da viatura, o casal e as duas filhas gémeas de um ano, ninguém saiu ileso do acidente. A mãe, identificada pelas autoridades espanholas como M. L. S., sofreu ferimentos de média gravidade. O pai (E. de F.) e a outra menina (E. L. S.) sofreram apenas ferimentos ligeiros. Os três tiveram alta hospitalar ontem à tarde.
O acidente ocorreu no domingo, cerca das 12h30, na auto-estrada A49, que liga Sevilha a Huelva, entre os municípios de Niebla e Bonares, segundo informou a Guarda Civil de Espanha.
No carro seguia uma família residente em Torres Vedras, um casal na casa dos 30 anos, e as duas filhas que tinham acabado de completar um ano de idade.
Segundo o comandante do subsector de tráfico de Huelva da Guarda Civil Espanhola explicou ao CM, “o veículo circulava em direcção a Portugal quando se despistou e saiu da estrada”.
As causas do acidente ainda não são conhecidas –, mas, para já, as autoridades locais avançam como provável causa, a sonolência do condutor, de 32 anos.
Ao local do sinistro foi chamado o Serviço de Emergência da Guarda Civil, que prestou os primeiros socorros.
Os quatro ocupantes da viatura foram transportados, todos com vida, para o Hospital Infanta Elena em Huelva.
A mãe da menina, o pai e uma das bebés permaneceram naquela unidade hospitalar. A outra bebé, dada a gravidade do seu estado, foi imediatamente transferida de helicóptero para o Hospital Universitário Virgen del Rocio, em Sevilha, onde acabou por morrer, cerca das 17h00 de domingo.
Ontem à tarde, os pais e a outra filha tiveram alta, e ao que o CM apurou junto do Hospital Infanta Elena, “a família terá seguido para Sevilha” onde estava o corpo da bebé que acabou por falecer naquele hospital.
ESTRADA DA MORTE
Na manhã de ontem, outro acidente na auto-estrada que liga Huelva e Sevilha, tirou a vida a mais um automobilista. Segundo as autoridades espanholas um camião saiu da sua faixa de rodagem, indo embater contra um veículo ligeiro que circulava em sentido contrário.
Um dos ocupantes do veiculo ligeiro teve morte imediata. O fim-de-semana foi negro, nas estradas espanholas da região de Andaluzia, com a morte de sete pessoas em vários acidentes de viação.
OUTROS CASOS
CORRIDA ILEGAL
Uma corrida ilegal entre três carros, dois Ferraris e um Lamborghini, teve um desfecho fatal, no último mês de Agosto, para um jovem português: Bruno Alexandre Rodrigues, de 26 anos, morreu ao volante do seu Citroën Saxo, numa estrada de Marbella, no Sul de Espanha, apanhado pelos dois loucos em corrida.
AUTOCARRO
Dois turistas alemães perderam a vida numa colisão entre um autocarro português e um camião, na A49, no início do mês de Setembro. O acidente provocou ainda cerca de 20 feridos, dois dos quais em estado grave. Os únicos portugueses a bordo do autocarro eram o motorista e o guia, que apenas sofreram ferimentos ligeiros.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)