Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Detida dona de lar ilegal onde duas idosas morreram com sinais de maus tratos

Mulher de 41 anos ocultou informação sobre morte de uma utente da casa de acolhimento em Torres Novas.
Correio da Manhã 5 de Março de 2021 às 19:52
Ana Paula Alves , dona do espaço, recusou ontem comentar o caso
Idosas encontradas mortas em lar ilegal apresentavam sinais de magreza extrema
Ana Paula Alves , dona do espaço, recusou ontem comentar o caso
Idosas encontradas mortas em lar ilegal apresentavam sinais de magreza extrema
Ana Paula Alves , dona do espaço, recusou ontem comentar o caso
Idosas encontradas mortas em lar ilegal apresentavam sinais de magreza extrema

Foi detida esta sexta-feira a proprietária de um lar ilegal em Torres Novas, onde duas idosas foram encontradas mortas com sinais de magreza extrema.

A detida tem 41 anos e é suspeita da prática de crimes de maus tratos agravados pelo resultado morte, um crime de profanação de cadáver e dois crimes de maus tratos.

"A arguida arrendou uma casa que adaptou para casa de acolhimento, onde acolhia quatro idosas, cobrando uma mensalidade fixa, comprometendo-se a prestar os cuidados devidos às mesmas", informou a PJ em comunicado.

Segundo avança aquela autoridade, foi apurado que as duas idosas morreram na sequência dos maus tratos infligidos. No caso de uma das vítimas, a dona do lar ilegal ocultou a informação da morte da idosa às autoridades competentes e aos familiares.

A mulher de 41 anos vai ser presente às autoridades judiciárias competentes, para a aplicação das medidas de coação tidas por necessárias.

Torres Novas crime lei e justiça questões sociais crime
Ver comentários