Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Fuzileiro português ferido em explosão durante formação de militares em Cabo Verde

Acidente terá ocorrido devido a um detonador de uma carga explosiva que rebentou fora de tempo.
Sérgio A. Vitorino 4 de Dezembro de 2019 às 22:20
fuzileiros
fuzileiros FOTO: Vítor Mota
Um fuzileiro português sofreu na tarde desta quarta-feira ferimentos na sequência de uma explosão enquanto dava formação a militares cabo-verdianos, em Cabo Verde.

O acidente terá ocorrido devido a um detonador de uma carga explosiva que rebentou fora de tempo. Ficaram ainda feridos dois fuzileiros cabo-verdianos. As três vítimas foram levadas a um hospital da Cidade da Praia, com ferimentos ligeiros.

Os militares realizam um treino, com pequenas cargas explosivas enterradas na areia e detonadas à distância , de forma a dar "cenário e realismo" ao exercício. Um dos detonadores não funcionou quando foi acionado e os fuzileiros cumpriram o tempo de segurança para proceder à inativação. Mas quando verificavam o rastilho, também enterrado na areia, o explosivo detonou de surpresa, ferindo os militares com a grande quantidade de areia e pequenas pedras projetadas a curta distância.

O militar português está envolvido na Cooperação Técnico Militar de Portugal com Cabo Verde, gerida pelos Ramos das Forças Armadas em direta colaboração com a Direção Geral de Política de Defesa Nacional , do Ministério da Defesa.

O acidente ocorreu às 17h00 locais (18h00 em Lisboa). O exercício decorreu durante o Curso de Formação de Fuzileiros Navais da Guarda Costeira de Cabo Verde, na Cidade da Praia (Ilha da Santiago).
Cabo Verde Cidade da Praia política defesa forças armadas questões sociais diplomacia demografia emigrantes
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)