Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Mulher de 41 anos foi morta a tiro por ex-companheiro em Gaia. Deixa duas filhas

Vítima separou-se do companheiro há cerca de uma semana.
Paulo Jorge Duarte 27 de Outubro de 2020 às 10:54
Ana Mafalda Teles e Joaquim Soares
Ana Mafalda Teles
Homem mata ex-companheira com tiro de caçadeira em Gaia
Homem mata ex-companheira com tiro de caçadeira em Gaia
Ana Mafalda Teles e Joaquim Soares
Ana Mafalda Teles
Homem mata ex-companheira com tiro de caçadeira em Gaia
Homem mata ex-companheira com tiro de caçadeira em Gaia
Ana Mafalda Teles e Joaquim Soares
Ana Mafalda Teles
Homem mata ex-companheira com tiro de caçadeira em Gaia
Homem mata ex-companheira com tiro de caçadeira em Gaia
Um homem matou esta terça-feira a ex-companheira, de 41 anos, com um tiro de caçadeira na Rua da Figueirinha, na freguesia de Grijó, em Gaia. O CM sabe que a vítima, Ana Mafalda Teles, deixa duas filhas, uma de 12 anos, outra com 25.

Segundo o que o Correio da Manhã conseguiu apurar junto de fonte oficial da GNR, a vítima ter-se-á separado há cerca de uma semana e o agressor não aceitou o fim da relação.

O corpo foi deixado dentro do carro e encontrado por um popular, que alertou as autoridades. No local esteve a GNR de Lamas e de Carvalhos, assim como as viaturas do INEM de Vila Nova de Gaia.

Depois do crime, o suspeito, Joaquim Soares, deslocou-se até Nogueira da Regedoura, onde junto a uma igreja tentou o suicídio com um tiro de caçadeira também. Foi assistido pelos Bombeiros de Lourosa e, após ser estabilizado, transportado para o Hospital de Santa Maria da Feira, no Porto.

"Era um casal conflituoso, mas nem sabia que estavam separados", disse um vizinho da mulher ao CM.

Conheça todos os casos das vítimas que morreram em contexto da violência doméstica, no CM Radar.
Gaia crime lei e justiça grijó violência doméstica violência radar violência
Ver comentários