Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Lar de idosos que ardeu em Abrantes não estava licenciado

Sete vítimas foram transportadas para o Hospital de Abrantes.
Isabel Jordão e Lusa 27 de Janeiro de 2020 às 11:42
O lar de idosos em Rossio ao Sul do Tejo, em Abrantes (Santarém), onde ocorreu um incêndio esta segunda-feira, não está licenciado, estando o Instituto da Segurança Social a avaliar as condições de funcionamento para "o apuramento de responsabilidades".

O incêndio fez 18 feridos e as vítimas têm idades compreendidas entre os 75 e os 89 anos. 


Segundo o que o CM conseguiu apurar junto do Comandante dos Bombeiros Voluntários, sete vítimas foram transportadas para o hospital de Abrantes. Quatro dessas estão em estado grave - três foram, posteriormente, transportadas para unidades hospitalares em Lisboa e a outra, uma idosa com queimaduras em cerca de 65% do corpo, foi transportada para o hospital de São João, no Porto.

Segundo fonte hospitalar, três dos feridos graves sofreram queimaduras e o outro ficou ferido por inalação de monóxido de carbono.

As restantes 11 vítimas foram assistidas no local.

Os idosos que não ficaram feridos foram já encaminhados pela Segurança Social para outros locais, disse à Lusa fonte da autarquia.

As primeiras investigações dão conta de que o fogo terá tido origem num aquecedor.

De acordo com informação avançada pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (Prociv), cerca das 12h00, encontravam-se no local 27 operacionais, acompanhados por 12 meios de apoio ao socorro terrestres.

O alerta foi dado cerca das 10h27.
Abrantes incêndio feridos lar idosos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)