Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Mais de 40 moradores de bairro em Oeiras fazem emboscada à PSP e ferem agentes

Agressões ocorreram quando agentes tentavam deter deficiente que tinha agredido estafetas da Uber Eats.
Miguel Curado 4 de Maio de 2020 às 13:23
A carregar o vídeo ...
Mais de 40 moradores de bairro em Oeiras fazem emboscada à PSP e ferem agentes

Dois agentes da PSP de Oeiras ficaram feridos, na madrugada desta segunda-feira, após terem sido apedrejados e agredidos por um grupo de cerca de 50 moradores do bairro do Pombal, que tentavam impedir a detenção de um homem, deficiente físico, que momentos antes tinha estado envolvido no espancamento a três estafetas da Uber Eats.

O ataque aos distribuidores de comida ocorreu pelas 00h15, junto a um restaurante McDonalds. O deficiente, que não tem uma perna, outros três homens e uma mulher, espancaram os três estafetas após uma discussão fútil, e fugiram.

Duas das vítimas foram levadas ao Hospital de São Francisco Xavier, em Lisboa, após terem feito queixa à PSP. Cerca de uma hora depois, o carro onde os cinco agressores escaparam foi encontrado no centro do bairro do Pombal.

Tinha danos diversos, e a PSP começou a fazer perícias ao mesmo. O agressor deficiente apareceu então, e além de injuriar a polícia, cuspiu na cara de um dos agentes.

De imediato recebeu voz de detenção, e quando os polícias o tentavam algemar, um grupo com cerca de 50 pessoas começou a apedrejar os polícias, tentando impedir a detenção. Perante a reação do homem, foi necessário aos polícias recorrer ao uso de uma arma elétrica Taser, momento que foi filmado por moradores do bairro, e colocado nas redes sociais.

A PSP acabou por conseguir retirar do bairro, debaixo de constante apedrejamento. O agente agredido a murro, e um outro apedrejado no peito, foram transportados também ao Hospital de São Francisco Xavier, em Lisboa, assim como o homem que foi detido.

Ver comentários