Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Morreu João Araújo, advogado de José Sócrates

Tornou-se popular por ter defendido o ex-primeiro-ministro no caso da Operação Marquês. Lutava contra um cancro.
Correio da Manhã 8 de Julho de 2020 às 12:39
João Araújo e José Sócrates
José Sócrates com o advogado João Araújo
José Sócrates com o advogado João Araújo
João Araújo
João Araújo, advogado de José Sócrates
João Araújo e José Sócrates
José Sócrates com o advogado João Araújo
José Sócrates com o advogado João Araújo
João Araújo
João Araújo, advogado de José Sócrates
João Araújo e José Sócrates
José Sócrates com o advogado João Araújo
José Sócrates com o advogado João Araújo
João Araújo
João Araújo, advogado de José Sócrates
João Araújo, advogado que ficou conhecido por ter defendido José Sócrates no caso Operação Marquês, morreu na noite de terça para quarta-feira, avança a rádio Renascença.

O advogado lutava contra um cancro há já algum tempo. Morreu em casa acompanhado por uma enfermeira, após o seu estado de saúde ter piorado significativamente.

Em 2015, chegou a afirmar que os médicos lhe tinham dado apenas um ano e meio de vida, mas que superada essa meta e acreditava que ia vencer a batalha.

"Estou a tratar um cancro e está a correr tudo bem. Não morro sem libertar o meu cliente", fez saber na altura João Araújo, assumindo os "problemas de saúde complicados".

No último ano,  João Araújo chegou a apresentar-se à chegada ao tribunal de chapéu para disfarçar a perda de cabelo, resultado dos tratamentos de quimioterapia.


A par de Pedro Delille, João Araújo representou o ex-primeiro-ministro durante cerca de cinco anos.
João Araújo Renascença José Sócrates artes cultura e entretenimento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)