Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Prisão preventiva para mulher que ateou incêndio com álcool-gel em Gondomar

De acordo com a GNR, arderam cerca de 200 metros quadrados de mato, junto a um aglomerado populacional.
Manuel Bento 14 de Agosto de 2020 às 09:47
Tribunal
Tribunal

A mulher de 29 anos que ateou um incêndio florestal com álcool-gel, quarta-feira, em S. Pedro da Cova, Gondomar, ficou em prisão preventiva.

A suspeita foi detida por um militar da GNR e um agente da PSP que estavam de folga e foi presente a primeiro interrogatório esta quinta-feira, no Tribunal de Instrução Criminal do Porto. 

Tinha espalhado álcool-gel numa área de mato e ateou fogo com um isqueiro, no lugar de Belói, em S. Pedro da Cova.

De acordo com a GNR, arderam cerca de 200 metros quadrados de mato, junto a um aglomerado populacional.

O incêndio acabou extinto pelos Bombeiros de S. Pedro da Cova.

S. Pedro da cova GNR Gondomar crime lei e justiça incêndios polícia forças policiais
Ver comentários