Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Autarca translada militares mortos em Moçambique

Três semanas depois de chegar a Moçambique, António Marques, presidente da Junta de Freguesia de São Miguel de Outeiro, Tondela, pode declarar "missão cumprida" ao trazer de regresso a Portugal as ossadas de dois portugueses mortos em combate há mais de 35 anos.

13 de Dezembro de 2008 às 00:30
António Marques
António Marques FOTO: Pedro Sá da Bandeira, Lusa

Os corpos do soldado Ernesto Dias e do primeiro cabo Aníbal Santos são os primeiros a ser transladados de Moçambique.

"Sinto-me orgulhoso", disse António Marques no local onde duas caixas de madeira, com urnas e lápides dos dois, são hoje embarcadas para Portugal. A iniciativa "custou mais de dez mil euros" e foi paga por familiares, amigos, empresas, câmara e junta. "Era dever do Governo auxiliar ou suportar tudo isto", diz António Marques. Amanhã, são sepultados em São Miguel de Outeiro.

Ver comentários