Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Basquetebolista portuguesa denuncia assédio de treinador

Sara Djassi viveu “episódios vexatórios”.
Paulo Fonte(paulofonte@cmjornal.pt) 5 de Agosto de 2020 às 01:30
Sara Djassi
Sara Djassi FOTO: Direitos Reservados
A basquetebolista portuguesa Sara Djassi, de 30 anos, revelou esta terça-feira o assédio de que foi alvo por parte do treinador quando jogou no Ciudad de los Adelantados, clube atualmente denominado Ciudad de La Laguna Tenerife, da Liga 2 feminina espanhola. Numa carta divulgada pelo site Columna Cero, a atleta relata o pesadelo que viveu em Tenerife, quando, há quatro anos, foi alvo de "episódios vexatórios" por parte de Claudio García.

A agora atleta do Manchester Mystics, Inglaterra, conta: "O treinador fazia comentários inapropriados sobre mim. Dizia, por exemplo, ‘tu, portuguesa, tens um bom rabo’. A partir desse momento preocupei-me em não usar a roupa que o clube me dava porque os calções eram demasiado justos", revelou. A jogadora apontou outros insultos de que foi alvo, como por exemplo "chupa-me os t...", ao mesmo tempo que as jogadoras ouviam-no dizer: "Suas p...". Acrescenta que por várias vezes o técnico perguntou-lhe se tinha noivo e se ele estava em Tenerife. E conclui: "Nunca tive o apoio dos restantes membros do clube. O Claudio deixou claro que ninguém estava acima dele."
Sara Djassi Ciudad de La Laguna Tenerife Adelantados Ciudad Claudio García desporto basquetebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)