Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Beatriz Lebre, a jovem de 23 anos que morreu às mãos do colega de mestrado que a perseguia

Era licenciada em Psicologia pelo ISCTE-IUL e tinha o sonho de ser pianista.
Correio da Manhã 28 de Maio de 2020 às 11:01
Beatriz Lebre, jovem estudante morta por colega em Lisboa
Beatriz Lebre, jovem estudante morta por colega em Lisboa
Beatriz Lebre, jovem estudante morta por colega em Lisboa
Beatriz Lebre, jovem estudante morta por colega em Lisboa
Beatriz Lebre, jovem estudante morta por colega em Lisboa
Beatriz Lebre, jovem estudante morta por colega em Lisboa
Beatriz Lebre, jovem estudante morta por colega em Lisboa
Beatriz Lebre, jovem estudante morta por colega em Lisboa
Beatriz Lebre, jovem estudante morta por colega em Lisboa
Beatriz Lebre tinha 23 anos e era licenciada em Psicologia pelo ISCTE-IUL, terá sido assassinada por um colega que alegadamente pretendia manter uma relação com ela.

A jovem de 23 anos era uma apaixonada por música. O cinema e o teatro faziam parte do seu dia a dia mas o grande sonho desta jovem era voltar ao conservatório para se tornar pianista.

Trabalhava na Disney Store do Colombo desde setembro de 2019 e vivia em Chelas. O percurso escolar começou na Academia Música de Elvas em 2007, onde se manteve até 2015, tendo depois frequentado a escola secundária D. Sancho II onde concluiu um curso científico-humanistico.

Ingressou na Universidade de Évora numa licenciatura de Música-Piano, onde permaneceu entre 2015 e 2016. Estudou depois Psicologia entre 2016 e 2019, tendo concluído essa licenciatura no ISCTE.

Em 2019, entrou no Mestrado de Psicologia Social e das Organizações no ISCTE, em Lisboa. Terá sido assassinada na última sexta-feira e o corpo atirado ao Tejo, estando as autoridades a tentar localiza-lo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)