Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Casal albergava 22 cães dentro de padaria. Estabelecimento encerrado por falta de condições de higiene. Veja as imagens

Estabelecimento encontrava-se anexado ao domicílio dos proprietários, tendo sido identificados um homem e uma mulher de 59 e 63 anos.
Correio da Manhã 26 de Janeiro de 2021 às 13:10
Casal albergava 22 cães dentro de padaria. Estabelecimento encerrado por falta de condições de higiene. Veja as imagens
Casal albergava 22 cães dentro de padaria. Estabelecimento encerrado por falta de condições de higiene. Veja as imagens
Casal albergava 22 cães dentro de padaria. Estabelecimento encerrado por falta de condições de higiene. Veja as imagens
Casal albergava 22 cães dentro de padaria. Estabelecimento encerrado por falta de condições de higiene. Veja as imagens
Casal albergava 22 cães dentro de padaria. Estabelecimento encerrado por falta de condições de higiene. Veja as imagens
Casal albergava 22 cães dentro de padaria. Estabelecimento encerrado por falta de condições de higiene. Veja as imagens
A GNR fechou, no domingo, uma padaria por violação da proibição de laboração e por falta de condições de higiene, no concelho de Ponta Delgada,  nos Açores. 

As autoridades identificaram no local 22 cães, tendo sido recolhidos 19 pelo Canil Municipal de Ponta Delgada, devido à falta de condições e por existir risco para os animais, "em virtude do número de animais exceder o número máximo de três cães adultos em cada habitação do domicílio", explica a GNR. Foram também detetadas irregularidades no que diz respeito à vacinação, registo, licenciamento e identificação eletrónica (microchip) dos animais.

Segundo o comunicado das autoridades o "estabelecimento encontrava-se anexado ao domicílio dos proprietários, tendo sido identificados dois suspeitos, um homem e uma mulher de 59 e 63 anos, respetivamente, e apreendidos cerca de 11 quilos de massa levada, 100 quilos de farinha e 326 pães com um valor estimado de 217 euros". 

Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Ponta Delgada.
GNR Ponta Delgada Açores questões sociais crime lei e justiça política autoridades locais polícia
Ver comentários