Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Casal encontrado morto em casa de banho ao fim de dois dias

Marido e mulher, de 83 e 81 anos, não eram vistos desde sexta-feira, em Sernancelhe. Corpos encontrados em cima um do outro.
Tiago Virgílio Pereira 11 de Março de 2019 às 01:30
Casal de idosos encontrado morto em casa, em Sernancelhe
Casal de idosos encontrado morto em casa, em Sernancelhe
Casal de idosos encontrado morto em casa, em Sernancelhe
Casal de idosos encontrado morto em casa, em Sernancelhe
Casal de idosos encontrado morto em casa, em Sernancelhe
Casal de idosos encontrado morto em casa, em Sernancelhe
Casal de idosos encontrado morto em casa, em Sernancelhe
Casal de idosos encontrado morto em casa, em Sernancelhe
Casal de idosos encontrado morto em casa, em Sernancelhe
Casal de idosos encontrado morto em casa, em Sernancelhe
Casal de idosos encontrado morto em casa, em Sernancelhe
Casal de idosos encontrado morto em casa, em Sernancelhe

Não eram vistos desde sexta-feira, em Sarzeda, no concelho de Sernacelhe, mas ninguém na localidade beirã achou estranho, até porque, apesar de ser um casal com mais de 80 anos, ainda era ativo. No sábado, uma das filhas ligou várias vezes para a residência do casal. Ninguém atendeu, mas não foi motivo de alarme.

Este domingo, pela manhã, porém, chegou a notícia trágica: Teresa e José Leitão, de 81 e 83 anos, foram encontrados mortos dentro de casa. Ao que tudo indica no seguimento de um acidente. O que se passou em concreto está ainda por apurar.

Ao que o CM apurou, pelas 09h00, um familiar tentou entrar na casa. Sem conseguir, avistou uma patrulha da GNR que passava no local e pediu auxílio. Os militares ligaram para o 112 e deram logo o alerta para uma eventual paragem cardiorrespiratória. Foram mobilizados os Bombeiros Voluntários de Sernancelhe e a porta da casa foi aberta à força. O casal, porém, foi encontrado sem vida no chão da casa de banho.

"Também tivemos de forçar essa entrada, já que os corpos estavam encostados à porta. Os dois idosos já estavam cadáveres pelo que não procedemos a qualquer manobra de reanimação. A mulher estava nua com o chuveiro na mão e o homem estava debaixo dela", avançou Luís Fonseca, dos Bombeiros Voluntários de Sernacelhe.

A GNR esteve no local, tomou conta da ocorrência e recolheu provas para a investigação. Como não havia indícios de crime, a Polícia Judiciária não chegou a ser chamada.

Os corpos foram depois removidos para o gabinete médico-legal do hospital de Viseu, onde será realizada a autópsia.

"A mulher devia estar a tomar banho no polibã quando o homem deve ter caído e batido com a cabeça. Ela terá tentado ajudá-lo, mas não conseguiu", avançou um vizinho que diz não ter ouvido qualquer barulho estranho nos últimos dias.

PORMENORES
INEM dá apoio psicológico
A notícia da morte do casal foi recebida com choque por parte de familiares e amigos próximos. Por esse motivo, uma equipa de psicólogos do INEM foi também mobilizada para o local para prestar assistência aos familiares. O casal era muito querido entre os moradores da localidade beirã.

Casal morava no 1º andar
Apesar de se tratar de uma moradia com dois andares, o casal de idosos ‘fixava-se’ quase sempre no rés do chão da habitação que estava modificada e com todas as condições de mobilidade.

"Dias antes tínhamos combinado comer uma cabidela"
O casal, com mais de 80 anos e que viveu várias décadas em França onde esteve emigrado, gozava a reforma e estava bem inserido na comunidade. "Ainda na semana passada combinei com o meu sogro [José] comer uma cabidela de galo e agora nada feito. É uma tristeza", comentou o familiar Amílcar Sequeira. Alguns amigos juntaram-se à porta de casa e lamentaram a morte de Teresa e de José. "Os idosos a partirem e os novos sem quererem vir para cá", disse um vizinho.

"À volta não havia aquecedores nem outros aparelhos"
Os Bombeiros Voluntários de Sernancelhe foram obrigados a arrombarem a porta de casa para entrar. Depois, tiveram de fazer o mesmo com a porta da casa de banho, onde estava o casal. "Há volta, e no espaço envolvente, não havia qualquer aquecedor, nem aparelhos que pudessem libertar gás", explicou o comandante dos bombeiros. O aquecimento funciona através de gasóleo.


Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)