Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Caso de Giovani leva Polícia a estudar a noite de Bragança

Objetivo é compreender se existem fenómenos de violência desconhecidos das autoridades.
Lusa 21 de Janeiro de 2020 às 15:42
Luís Giovani Rodrigues tinha 21 anos
Luís Giovani Rodrigues tinha 21 anos FOTO: Direitos Reservados
A Polícia de Segurança Pública (PSP) vai estudar a noite de Bragança em conjunto com outras entidades locais para compreender se existem fenómenos de violência desconhecidos das autoridades, por ausência de denúncia, informou hoje o comandante.

José Neto falava no Conselho Municipal de Segurança de Bragança que se reuniu hoje para analisar os acontecimentos e consequências da morte do estudante cabo-verdiano Giovani Rodrigues, resultado de alegadas agressões em grupo na madrugada de 21 de dezembro, depois de uma desavença na noite.

Cinco homens com idades entre os 22 e 35 anos, todos de Bragança, estão em prisão indiciados, cada um, por um crime de homicídio qualificado consumado e três na forma tentada relativos aos restantes elementos do grupo com quem saiu nessa noite a vítima, que viria a morrer dez dias depois num hospital do Porto.

Giovani Rodrigues Polícia de Segurança Pública Bragança PSP crime lei e justiça polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)